A PINTORA QUE DESAFIOU O SÉCULO XIX

Mary Cassatt, pintora impressionista, faria hoje 165 anos; nasceu a 22 de Maio de 1844 e faleceu a 14 de Junho de 1926 (82 anos), perto de Paris. Desde muito cedo que a América a fascinavam e foi aí que viria a estudar arte na Academia da Pensilvânia. Ela teve o grande mérito de, no século XIX, enfrentar e vencer num mundo marcadamente masculino. Participou em várias exposições de 1879 a 1886, evidenciando-se as suas obras por um estilo muito próprio onde a suavidade e a luminosidade eram marcantes. Pintou muitas crianças. Nas suas telas encontram-se sensualidade, pureza, movimento. Edgar Degas, grande admirador das suas obras -eram amigos mas alguns historiadores consideraram-nos amantes o que não era confirmado por outros, devido à maneira de ser do pintor. Teve forte influência na mudança de estilo de Mary (adorava crianças. Degas era estéril) que começou a usar cores claras. Degas, frequentemente, defendeu-a perante alguma crítica da época que não tinha por Mary tanta admiração. Algumas das suas telas foram severamente criticadas. Mary conviveu com grandes pintores como Monet, Pissarro, Renoir, entre outros e admirava Manet, Courbet, e, claro, Degas. Em 1868 fez a sua primeira exposição e em 1884, com 30 anos, deixou de pintar.

http://www.youtube.com/watch?v=7JswrTIuct0

Uma vida é uma obra de arte. Não há poema mais belo que viver em plenitude
(Georges Clemenceau)


Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s