Archive for Outubro, 2009

A LUZ QUE TE ENVOLVE QUANDO CAMINHAS


Procuro a perfeição (exaustivamente) no alongamento dos músculos, na tentativa (vã) de enganar a vida e o tempo (impossível) e atingir o domínio do corpo nesta íntima ânsia de prender a luz que te envolve quando caminhas (como se fosses anjo sem asas) no meu mundo construído de pensamentos e de mimos e entras no coração, sorrindo, como se o Universo se unisse para me atrapalhar, num deslumbramento de uma beleza comovente, algo tímida, algo carinhosa de que tanto gosto e me arrepia. Nos dias em que andas para mim, tu és o melhor desse dia: aqueces o meu frio, agarras na minha mão, afastas a solidão, anulas debilidades, dás força à imaginação e ao meu talento para amar.

Quando partes, ainda saboreio a luz que te envolvia quando caminhavas para mim e procuro o meu porto de abrigo onde encerro os sentimentos do coração que não domino, não venço, nem contrario. Apetece-me morder a vida quando aninhada timidamente no abraço doce sinto os vendavais e as palpitantes bonanças da heroína que vence silêncios suados das madrugadas vazias, nas memórias que instante dão vida. No impulso de te chamar, a sonoridade do teu nome esvoaça pelos ares, adquire asas, força, encontra-te e sorri-te, feliz. No meu porto de abrigo guardei um baú de memórias inspiradas em ti, para te mostrar. Um dia.

A vida feliz consiste na tranqüilidade da mente
(Cícero)


UMA PORTUGUESA PRECISA DO SEU VOTO PARA VENCER NO DUBAI

Conheci a história e a luta de Maria da Conceição ( a segunda a contar da esquerda) há um ou dois anos, através de um trabalho apresentado na Televisão e, confesso, fiquei encantada com o dinamismo desta portuguesa a quem chamam o Anjo de Daca. Nunca mais ouvi falar no tema até ontem quando recebi de Luanda, uma notícia do Expresso (da autoria de Nelson Marques) do qual retirei um breve texto para lhe dar a conhecer um pouco da entusiasmante história de vida de uma jovem generosa, sensível à pobreza alheia. Consegui a foto no site oficial do concurso onde se candidatam várias mulheres, em diversas categorias. A votação termina a 31 (já não tem muito tempo).


Portuguesa a viver no Dubai, onde trabalha como assistente de bordo da Emirates Airlines, tem sido comparada à Madre Teresa de Calcutá, associação que ela recusa com realista modéstia. Talvez a imagem que melhor a defina seja a de um ciclone que agitou consciências e sacudiu centenas de vidas no Bangladesh, um dos estados mais pobres do mundo.Há quatro anos, depois de uma escala de 24 horas no país, decidiu criar uma obra de solidariedade com o objectivo de dar educação, alimentação, cuidados de saúde e apoio comunitário a mais de meio milhar de crianças carenciadas de um subúrbio de Daca, a capital do Bangladesh.O reconhecimento desse trabalho valeu-lhe agora a nomeação para o Prémio Mulher do Ano dos Emirados Árabes Unidos (EAU), na categoria de Acção Humanitária, que poderá vir a receber no próximo dia 17 de Novembro…



Está nas nossas mãos ajudar a dar a vitória à nossa compatriota. Além do reconhecimento pela sua dedicação Maria da Conceição sentirá mais facilidade na abertura de novas portas, novos apoios, novas concretizações, na consolidaçãoda sua meritória obra. Abra o site abaixo indicado e ficará admirada com o que em tão pouco tempo esta hospedeira conseguiu. Ela move céus e terra na imparável luta de ajuda. Mais uma gloriosa portuguesa a levar Portugal às fronteiras do Mundo. Aceda ao site e vote. De preferência, já!



http://aeiou.expresso.pt/portuguesa-nomeada-para-mulher-do-ano-no-dubai=f544126

A distância que você consegue percorrer na vida depende da sua ternura para com os jovens, compaixão pelos idosos, solidariedade com os esforçados e tolerância para com os fracos e os fortes, porque chegará o dia em que você terá sido todos eles.
(George Washington)

FLUTUO NA ÁGUA CÚMPLICE DE SEGREDOS

Quando deambulo, deslizando languidamente pela superfície nacarada das águas mornas e translúcidas, em movimentos soltos e leves, sem destino, sem horas e sem pressas, não estou lá! De olhos cerrados e movimentos sincronizados num ritmo já cadenciado e autómato, piso encantatoriamente a Terra do Nunca, o espaço mágico onde os sonhos se realizam. E é aí, onde a aventura de te encontrar acontece, num desfilar de sucessivas e inspiradas imagens que me trazem o divino sabor do conhecimento escondido, como se imaginar não fosse um exercício de libertação e de procura incessantes, comedidamente provocatórias, mas infinitamente sentidas.

Nos campos de árvores de jades e diamantes, de mansões a roçar os céus nos seus telhados de rubis, encontro-te sempre que o meu coração te chama, sem articular um som, um só sussurro. Vejo como te diriges ao meu encontro e tudo em redor fica estático, como só pode acontecer num espaço onde reina a magia. Ver-te andar é emoção, é como se pegasses em mim e me arrumasses no teu mundo, sem palavras e sem promessas. Conheço-te de cor, viajo por ti nestas águas pacíficas, envoltas em silêncio e magias reinventadas. De olhos fechados percorro-te, sem gestos, na luminosidade que resplandece no cair de gotas de água que me salpicam o rosto e me acordam neste flutuar manso na água que me sustenta e é cúmplice de segredos.

A vida só se dá a quem se deu.
(Vinicius de Moraes)

A MULHER TEM FORÇAS QUE MARAVILHAM OS HOMENS

Quando Deus fez a mulher, já estava nas horas extras do seu sexto dia de trabalho. Aí, apareceu um anjo que lhe disse: porque gastas tanto tempo com ela? E o Senhor respondeu: viu a minha Folha de Especificações? O anjo, admirado, perguntou: para ela? Sim, deve ser completamente lavável, mas não de plástico, ter mais de 200 partes móveis, todas arredondadas e macias, capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa e sobras. Ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo com o poder de curar desde um joelho raspado até a um coração ferido e fazer tudo isso somente com duas mãos. O anjo ficou verdadeiramente maravilhado com os requisitos e disse : tudo isso somente com duas mãos? Impossível, Senhor. E este é somente o modelo standard? Ah! é muito trabalho para um dia só. Espere até amanhã para terminá-la, Senhor

Não o farei. Estou muito perto de terminar esta criação, que é a favorita do Meu próprio coração. Ela já se cura sozinha, quando está doente, e pode trabalhar 18 horas por dia. O anjo não podia estar mais admirado. Aproximou-se e tocou na mulher. Fizeste-a tão suave, Senhor! Sim, é suave, disse Deus, mas não fazes a mínima ideia do que pode aguentar ou conseguir. Ah! Será capaz de pensar? perguntou o anjo. Deus, respondeu: não só pensar como raciocinar e negociar. O anjo ficou calado e chegando-se mais perto da mulher tocou levemente na sua pálpebra. Senhor, parece que este modelo tem um vazamento. Eu disse-Te que estavas a colocar nela muitas coisas.

Não é nenhum vazamento. É uma lágrima! Mas, Senhor, para que serve uma lágrima? As lágrimas são a sua maneira de expressar os seus sentimentos, solidão, desenganos, dores, sofrimento, orgulho, explicou Deus. O anjo ficou impressionado. Continuava a olhar com admiração a mulher e disse: és um génio, Senhor. Pensaste em tudo É verdadeiramente maravilhosa. Tens razão, ela é mesmo maravilhosa. A mulher tem forças que maravilham os homens. Aguentam dificuldades, carregam grandes cargas físicas e emocionais. Tem amor e sorte. Sorriem, quando querem gritar. Cantam, quando lhes apetece chorar. Choram, quando estão felizes e riem quando estão nervosas. Lutam pelo que acreditam. Enfrentam com garra a injustiça. Não aceitam não como resposta, quando acreditam que exista uma melhor solução. Privam-se para que não falte à sua família. Acompanham uma amiga que tem medo de ir ao médico. Amam incondicionalmente. Choram quando os seus filhos se alegram, quando os seus amigos conseguem prémios. São felizes, quando ouvem falar de um nascimento ou de um casamento. Sensibilizam-se.

O seu coração despedaça-se quando morre uma amiga. Sofrem com a perda de um ser querido, mas são ainda mais fortes quando pensam que já não têm mais forças. Sabem, também, que um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração ferido. Mas, apesar de todas estas qualidades elas têm um incorrigível defeito. O anjo estava admiradíssimo e nem perguntou qual era, foi Deus quem disse: frequentemente, esquecem-se de quanto valem!

(acedendo ao pedido de Guilherme este texto deve ser enviado para as mulheres que admiramos e aos homens para que eles valorizem as suas mulheres. Missão cumprida, Guilherme. Obrigada)

A grandeza das acções humanas mede-se pela inspiração que as faz nascer
(Pasteur)


SÓ POR HOJE DIREI QUE A VIDA É UMA FESTA

Conheci o padre Paulo Trevisan, em Lisboa. Entrevistei-o duas ou três vezes após as conferências (duravam longas horas) que dava e que juntavam assistência numerosa e atenta. Tinha algo de magnetizante a forma como comunicava sobre temas diversos mas o Poder da Mente e Jesus (…Jesus é o maior líder, o maior Mestre, o maior sábio, o maior psicólogo, o maior teólogo, o maior humanista, o maior antropólogo e o maior revolucionário de todos os tempos. Infelizmente, nem sempre é mostrado ao mundo com a grandeza e a sabedoria que tem. Muitos o envolvem em ideologias, piedosismos, severidades, sacrifícios e renúncias que não correspondem à sua verdade e pregam leis e regras e interpretações da vida e da ciência que nada tem a ver com a sabedoria do Mestre, tornando-o chato e ultrapassado. Jesus ainda está para ser descoberto…) eram os temas preferidos e desejados pela fidelíssima assistência (passava de ano para ano. Havia listas de apoiantes para o trazer anualmente a Portugal) que agarrava desde o primeiro minuto até ao final. Há dias, caiu na caixa de mensagens um artigo do padre Trevisan. Ao lê-o, recuei no tempo e é com grande prazer que o transcrevo, não alterando o seu “toque” brasileiro.

Só por hoje direi que estou de mal com a depressão e se ela der a cara aplicar-lhe-ei vinte bofetões de alegria. Só por hoje darei alta aos analistas, psicólogos, psiquiatras, conselheiros, filósofos e proclamarei que se antes eu era porque era o que eu era, agora sou o que sou porque sou tão feliz quanto penso que sou. Como penso que sou feliz, logo sou. Só por hoje direi que a vida é uma festa, acreditarei que a vida é uma festa e farei da festa a minha vida. Só por hoje admitirei que todo homem nasce feliz, passa a infância feliz, depois cresce e esconde a felicidade para que não a roubem, só que daí esquece onde a colocou. Mas, só por hoje, lembrarei que estás na minha mente. Só por hoje rirei à toa e contar-me-ei uma piada tão velha quanto a história daquele sujeito que olhava por cima do óculos para não gastar as lentes.

Só por hoje, revelarei ao mundo que sou feliz e chamarei de absurda toda opinião contrária. Só por hoje acreditarei que ri melhor quem ri por si mesmo. Já estou rindo. Só por hoje informarei a todos que sou tão feliz quanto resolvi ser. Só por hoje guardarei a seriedade no baú e deixarei que a criança interior brinque comigo o tempo todo. Só por hoje estarei tão bem humorado que rirei até daquele anúncio que diz: vende-se uma mala por motivo de viagem. Só por hoje admitirei que ser feliz é tão simples quanto dizer que sou feliz. Só por hoje estarei tão feliz que não sentirei falta de sentir falta da felicidade. Só por hoje expulsarei da minha casa a tristeza e hospedarei a alegria, o sorriso e o bom humor. Só por hoje abrigarei a felicidade sob o meu tecto, vesti-la-ei com roupas do bem-estar, dar-lhe-ei a comida do sorriso, a bebida da alegria e a divertirei com conversas agradáveis e positivas. Só por hoje me divorciarei do passado, romperei o namoro indecoroso com os males do presente e casarei indissoluvelmente com a felicidade. Só por hoje hastearei a bandeira do bom humor sobre meu próprio território. Só por hoje decidirei que sou definitivamente… Feliz

Muitas pessoas perdem as pequenas alegrias enquanto aguardam a grande felicidade
(Pearl S. Buck)