A MULHER TEM FORÇAS QUE MARAVILHAM OS HOMENS

Quando Deus fez a mulher, já estava nas horas extras do seu sexto dia de trabalho. Aí, apareceu um anjo que lhe disse: porque gastas tanto tempo com ela? E o Senhor respondeu: viu a minha Folha de Especificações? O anjo, admirado, perguntou: para ela? Sim, deve ser completamente lavável, mas não de plástico, ter mais de 200 partes móveis, todas arredondadas e macias, capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa e sobras. Ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo com o poder de curar desde um joelho raspado até a um coração ferido e fazer tudo isso somente com duas mãos. O anjo ficou verdadeiramente maravilhado com os requisitos e disse : tudo isso somente com duas mãos? Impossível, Senhor. E este é somente o modelo standard? Ah! é muito trabalho para um dia só. Espere até amanhã para terminá-la, Senhor

Não o farei. Estou muito perto de terminar esta criação, que é a favorita do Meu próprio coração. Ela já se cura sozinha, quando está doente, e pode trabalhar 18 horas por dia. O anjo não podia estar mais admirado. Aproximou-se e tocou na mulher. Fizeste-a tão suave, Senhor! Sim, é suave, disse Deus, mas não fazes a mínima ideia do que pode aguentar ou conseguir. Ah! Será capaz de pensar? perguntou o anjo. Deus, respondeu: não só pensar como raciocinar e negociar. O anjo ficou calado e chegando-se mais perto da mulher tocou levemente na sua pálpebra. Senhor, parece que este modelo tem um vazamento. Eu disse-Te que estavas a colocar nela muitas coisas.

Não é nenhum vazamento. É uma lágrima! Mas, Senhor, para que serve uma lágrima? As lágrimas são a sua maneira de expressar os seus sentimentos, solidão, desenganos, dores, sofrimento, orgulho, explicou Deus. O anjo ficou impressionado. Continuava a olhar com admiração a mulher e disse: és um génio, Senhor. Pensaste em tudo É verdadeiramente maravilhosa. Tens razão, ela é mesmo maravilhosa. A mulher tem forças que maravilham os homens. Aguentam dificuldades, carregam grandes cargas físicas e emocionais. Tem amor e sorte. Sorriem, quando querem gritar. Cantam, quando lhes apetece chorar. Choram, quando estão felizes e riem quando estão nervosas. Lutam pelo que acreditam. Enfrentam com garra a injustiça. Não aceitam não como resposta, quando acreditam que exista uma melhor solução. Privam-se para que não falte à sua família. Acompanham uma amiga que tem medo de ir ao médico. Amam incondicionalmente. Choram quando os seus filhos se alegram, quando os seus amigos conseguem prémios. São felizes, quando ouvem falar de um nascimento ou de um casamento. Sensibilizam-se.

O seu coração despedaça-se quando morre uma amiga. Sofrem com a perda de um ser querido, mas são ainda mais fortes quando pensam que já não têm mais forças. Sabem, também, que um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração ferido. Mas, apesar de todas estas qualidades elas têm um incorrigível defeito. O anjo estava admiradíssimo e nem perguntou qual era, foi Deus quem disse: frequentemente, esquecem-se de quanto valem!

(acedendo ao pedido de Guilherme este texto deve ser enviado para as mulheres que admiramos e aos homens para que eles valorizem as suas mulheres. Missão cumprida, Guilherme. Obrigada)

A grandeza das acções humanas mede-se pela inspiração que as faz nascer
(Pasteur)

Anúncios

3 responses

  1. Querida amifa Elvira,Texto maravilhoso…eu não consigo resistir e vou-lhe pedir autorização para o publicar, posso???Volto mais tarde para saber a sua resposta.BeijinhosNá

    Outubro 29, 2009 às 3:34 pm

  2. MEB

    Amiga Fernanda, a minha mais fiel seguidora (leitora). O meu blog é o seu blog. Pode usar sempre o que quiser, se achar que tem qualidadeÉ uma honra ser referida no Sempre Jovens, um blog de prestígio. Parabéns pela sua constante procura e, creio, insaciável. Amanhã vai querer mais do que amanhã. Seguramente. É linda essa força, essa garra de estar na vidaBijs

    Outubro 30, 2009 às 12:32 am

  3. Querida amiga Elvira,Muito grata por me ceder o texto e levá-lo não só para o Sempre Jovens mas também para um dos meus Blogues, A Casa do Rau (tenho a certeza de que vão amá-lo.Sou muito dinânica, tenho essa característica inata, de me dedicar a tudo na vida com (às vezes) extremo entusiasmo e amor.Esta sou eu, não sei ser digerente.Beijinhos

    Outubro 30, 2009 às 8:24 am

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s