Archive for Novembro, 2009

EU CONHEÇO UM PAÍS DO QUAL ME ORGULHO: PORTUGAL!

Eu conheço um país que tem uma das mais baixas taxas de mortalidade mundial de recém-nascidos, melhor que a média da UE. Eu conheço um país onde tem sede uma empresa que é líder mundial de tecnologia de transformadores. Eu conheço um país que é líder mundial na produção de feltros para chapéus. Eu conheço um país que tem uma empresa que inventa jogos para telemóveis e os vende no exterior para dezenas de mercados. Eu conheço um país que tem uma empresa que concebeu um sistema pelo qual você pode escolher, no seu telemóvel, a sala de cinema onde quer ir, o filme que quer ver e a cadeira onde se quer sentar. Eu conheço um país que tem uma empresa que inventou um sistema biométrico de pagamento nas bombas de gasolina.

Eu conheço um país que tem uma empresa que inventou uma bilha de gás muito leve que já ganhou prémios internacionais. Eu conheço um país que tem um dos melhores sistemas de Multibanco a nível mundial, permitindo operações inexistentes na Alemanha, Inglaterra ou Estados Unidos. Eu conheço um país que revolucionou o sistema financeiro e tem três Bancos nos cinco primeiros da Europa. Eu conheço um país que está muito avançado na investigação e produção de energia através das ondas do mar e do vento. Eu conheço um país que tem uma empresa que analisa o ADN de plantas e animais e envia os resultados para toda a EU. Eu conheço um país que desenvolveu sistemas de gestão inovadores de clientes e de stocks, dirigidos às PMES.

Eu conheço um país que tem diversas empresas a trabalhar para a NASA e a Agência Espacial Europeia. Eu conheço um país que desenvolveu um sistema muito cómodo de passar nas portagens das auto-estradas. Eu conheço um país que inventou e produz um medicamento anti-epiléptico para o mercado mundial. Eu conheço um país que é líder mundial na produção de rolhas de cortiça. Eu conheço um país que produz um vinho que em duas provas ibéricas superou vários dos melhores vinhos espanhóis. Eu conheço um país que inventou e desenvolveu o melhor sistema mundial de pagamento de pré-pagos para telemóveis. Eu conheço um país que construiu um conjunto de projectos hoteleiros de excelente qualidade pelo Mundo. O leitor, possivelmente, não reconheceu neste país aquele em que vive… Portugal!

Mas é verdade. Tudo o que leu acima foi feito por empresas fundadas por portugueses, desenvolvidas por portugueses, dirigidas por portugueses, com sede em Portugal, que funcionam com técnicos e trabalhadores portugueses. Chamam -se, por ordem, Efacec, Fepsa, Ydreams, Mobycomp, GALP, SIBS, BPI, BCP, Totta, BES, CGD, Stab Vida, Altitude Software, Out Systems, WeDo, Quinta do Monte d’Oiro, Brisa Space Services, Bial, Activespace Technologies, Deimos Engenharia, Lusospace, Skysoft, Portugal Telecom Inovação, Grupos Vila Galé, Amorim, Pestana, Porto Bay e BES Turismo.

Há ainda grandes empresas multinacionais instalada no País, mas dirigidas por portugueses, com técnicos portugueses, de reconhecido sucesso junto das casas mãe, como a Siemens Portugal, Bosch, Vulcano, Alcatel, BP Portugal e a Mc Donalds (que desenvolveu e aperfeiçoou em Portugal um sistema que permite quantificar as refeições e tipo que são vendidas em cada e todos os estabelecimentos da cadeia em todo o mundo). É este o País de sucesso em que também vivemos, estatisticamente sempre na cauda da Europa, com péssimos índices na educação, e gravíssimos problemas no ambiente e na saúde… do que se atrasou em relação à média UE…etc. Mas só falamos do País que está mal, daquele que não acompanhou o progresso. É tempo de mostrarmos ao mundo os nossos sucessos e nos orgulharmos disso (Nicolau Santos). No Facebook junte-se ao grupo de Todos os Portugueses que têm Orgulho em Portugal


O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos
(Lao-Tse)
Anúncios

CHOVE NA NOITE DE RESPIRAR DOCE

Nem o céu nem eu estamos estranhos nesta noite de chuva suave que decifrada a cadência do bater dos pingos no meu rosto leio: paz! Há noites assim! Felizes, pela palavra que se escutou, pelo olhar que se olhou. Pelo cansaço que já nos prendeu e quase nos faz cambalear na teimosia de continuar a agarrar as teclas que mais não são do que sons das nossas palavras por ouvir. Não dá para disfarçar. Quando mudamos o nosso mundo apetece-nos escutar o respirar da noite, abraçá-la, entoar o cantar da chuva miudinha que deixa brilhantes as folhas da minha cameleira branca, serena e majestosa, retida há anos no seu espaço de esplendor. Para meu deleite. Chove por ela, por mim, molha a noite e a minha história que é eterna, por ser boa.

http://www.youtube.com/watch?v=OzrUs08-SWs

Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta, não há ninguém que explique e ninguém que não entenda
(Cecília Meireles)

UM PRESENTE VALIOSÍSSIMO DA UNESCO PARA A HUMANIDADE

Olá
Envio-vos o que considero, sem dúvida, o arquivo cultural mais importante que recebi: a notícia do lançamento na Internet da Biblioteca Digital Mundial, um presente da UNESCO para a Humanidade, especialmente para os jovens. Já está disponível, através de http://www.wdl.org/
embora tivesse sido inaugurada no passado dia 15, em Paris. É um dever ético divulgar esta notícia. A Biblioteca reúne mapas, textos, fotos, gravações e filmes de todos os tempos, explicado em sete idiomas. Ali, aglomeram-se as jóias e relíquias culturais de todas as bibliotecas do Planeta. Tem, sobretudo, carácter patrimonial, disse Abdelaziz Abid, coordenador do projecto impulsionado pela UNESCO e outras 32 instituições. A Biblioteca não oferecerá documentos correntes, a não ser com valor de património, que permitirão apreciar e conhecer melhor as culturas do mundo em idiomas diferentes: árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português. Mas há documentos em linha em mais de 50 idiomas.

Entre os documentos mais antigos há alguns códices pre-colombianos, graças à contribuição do México, e os primeiros mapas da América, desenhados por Diego Gutiérrez para o Rei de Espanha, em 1562, explicou Abid. Os tesouros incluem o Hyakumanto darani , um documento em japonês publicado no ano 764 e considerado o primeiro texto impresso da história: um relato dos azetecas que constitui a primeira menção do Menino Jesus, no Novo Mundo; trabalhos de cientistas árabes desvelando o mistério da álgebra; ossos utilizados como oráculos e esteiras chinesas; a Bíblia de Gutenberg; antigas fotos latino-americanas da Biblioteca Nacional do Brasil e a célebre Bíblia do Diabo, do século XIII, da Biblioteca Nacional da Suécia.

Muito fácil de navegar, cada jóia da cultura universal aparece acompanhada de uma breve explicação do seu conteúdo e significado. Os documentos foram digitalizados e incorporados no seu idioma original, mas as explicações aparecem em sete línguas, entre elas, como já referi, o português (língua oficial de oito países em quatro Continentes). A Biblioteca começa com 1200 documentos, mas foi pensada para receber um número ilimitado de textos, gravados, mapas, fotografias e ilustrações. Como se acessa ao sítio global? Embora seja apresentado oficialmente hoje (dia 15) na sede da UNESC, a Biblioteca Digital Mundial já está disponível na Internet, através de http://www.wdl.org . O acesso é gratuito e os usuários podem ingressar directamente pela Web , sem necessidade de se registarem. Quando se faz clique sobre o endereço tem a sensação de tocar com as mãos a História Universal do conhecimento e permite ao internauta orientar a sua busca por épocas, zonas geográficas, tipo de documento e instituição. Fabuloso.

O sistema propõe as explicações em sete idiomas. Os documentos, por sua parte, foram digitalizados na sua língua original. Desse modo, é possível, por exemplo, estudar em detalhe o Evangelho de São Mateus, traduzido em aleutiano (língua esquimo) pelo missionário russo Ioann Veniamiov, em 1840. Com um simples clique, podem-se passar as páginas de um livro, aproximar ou afastar os textos e movê-los em todos os sentidos. A excelente definição das imagens permite uma leitura cómoda e minuciosa. Entre as jóias, no momento, está a Declaração de Independência dos Estados Unidos, assim como as Constituições de numerosos países; um texto japonês do século XVI; o jornal de um estudioso veneziano que acompanhou Fernão de Magalhães na sua viagem ao redor do Mundo; o original das Fábulas de Lafontaine; o primeiro livro publicado nas Filipinas, em espanhol e tagalog; e pinturas rupestres africanas que datam de 8.000 A.C.

Duas regiões do mundo estão particularmente bem representadas: América, Latina e Médio Oriente. Isso deve-se à activa participação da Biblioteca Nacional do Brasil, a biblioteca Alexandrina do Egipto e a Universidade Rei Abdulá da Arábia Saudita. A estrutura da BDM foi decalcada do projecto de digitalização da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, que começou em 1991 e, actualmente, contém 11 milhões de documentos em linha. Os seus responsáveis afirmam que a BDM está, sobretudo, destinada a investigadores, professores e alunos. Mas a importância que reveste esse sítio vai muito além da incitação ao estudo das novas gerações que vivem num mundo audiovisual. Este projecto tampouco é um simples compêndio de história em linha: é a possibilidade de aceder, intimamente e sem limite de tempo, ao exemplar sem preço inabordável, único, que cada um alguma vez sonhou conhecer.

(Alejandro del Teso Herradón, Bibliotecário)

A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las
(Aristóteles)


O DIA DE ACÇÃO DE GRAÇAS NA AMÉRICA

Barack Obama receberá em Oslo (Noruega), no dia 10, o Prémio Nobel da Paz, e desloca-se a Copenhaga, à Cimeira da ONU, que se realiza de 7 a 18 de Dezembro, onde Obama irá propor um plano de redução das emissões de gases em etapas, começando com 17% até 2020. Apesar de uma agenda internacional movimentada o Presidente Americano continua a estar nos momentos marcantes junto do povo que o elegeu e, hoje mesmo, Dia de Acção de Graças, milhões de americanos receberam nova missiva informática (e-mail) de Obama que ontem cumpriu o tradicional perdão presidencial de um peru que escapou ao forno e rumou, livre e feliz, para uma fazenda na Virgínia, como a imagem documenta.

Maria

Hoje, Dia de Acção de Graças, os americanos em todo o País irão sentar-se juntos e dar graças pelas famílias e entes queridos. As famílias americanas reflectem a diversidade desta grande Nação. Não há duas exactamente iguais, mas há um fio comum que cada uma partilha: estão unidas nos momentos de alegria e nos momentos de tristeza. Eles moldam-nos como Povo, apoiam-nos, incutem-nos os valores que nos guiam como indivíduos, e tornam possível os nossos sonhos. Então, hoje, eu vou estar a dar graças pela minha família – por toda a sabedoria, apoio e amor que trouxeram à minha vida. Mas, hoje, também é dia de lembrar aqueles que não podem sentar-se para partir o pão com aqueles que amam.


O soldado no estrangeiro, solitário, sentindo a falta de seus filhos. O marinheiro que deixou a sua casa para atender à chamada superior. As pessoas que deixam as suas famílias para trabalharem num segundo emprego, para que possam manter a comida na mesa ou enviar uma criança para a escola. Somos gratos pelo serviço e trabalho duro de tantos americanos que fazem o nosso grande País, através do seu sacrifício. E este ano, sabemos que enfrentámos demasiadas dificuldades (…) Assim, quando nos reunimos, vamos utilizar também a ocasião para renovar o nosso compromisso de construir um futuro mais pacífico e próspero para que cada família americana o possa desfrutar.


Há anos uma multidão reuniu-se numa fria manhã de Fevereiro, em Springfield, Illinois, com o propósito de mudar a nossa Nação. Nos anos seguintes, Michelle e eu fomos abençoados com o apoio e a amizade dos milhões de americanos que se uniram para formar este movimento em curso para a mudança. Você foi lá com vitórias e derrotas e tem dado tudo de si mesmo, activou o que temos feito – e teve a coragem de sonhar sonhos maiores. Então, nesta época de dar graças, eu quero expressar a minha gratidão, a minha expectativa de um futuro mais brilhante que, juntos, estamos a criar.


Com os votos calorosos de um Feliz Natal, meus e da minha família,
Presidente Barack Obama


A diferença entre o possível e o impossível está na vontade humana
(Louis Pasteur)

SILÊNCIO NUMA TARDE DE ASAS SOLTAS

Houve um silêncio feliz naquela tarde de asas soltas, de mãos juntas, unidas, formando uma concha morna onde se sentia o pulsar da circulação nas veias dos pulsos unidos, desafiando a força, o equilíbrio, sem lugar para palavras ou pensamentos. Ali, não havia história, existia apenas a história sem história de duas pessoas de bem que viviam para dentro uma cumplicidade perfeita porque sincera, sem dramas, sem espaço para escutar pensamentos. Cabeça vazia. Coração calmo. Apenas o saborear doce daquele momento de uma tarde cinzenta sem réstia de Sol brilhante que sempre fascina, envolve e protege. Não, ali, naquele silêncio feliz de uma tarde outonal, nada mais teria feito sentido do que um esboçar de um sorriso sedutor, gerador de emoções que anunciam saudade.


*
Muitas vezes, a Alma parece-me apenas uma simples respiração
(Marguerite Yourcenar)