ONDAS MELÓDICAS QUE ENCANTAM



Depois de uns dias claros, abertos, onde o Sol se espraiou sobre os corredores da Terra que abriram alas para as pessoas passar, num já desusado entusiasmo (o Inverno foi longo, taciturno, depressivo) e gosto de viver, a chuva miudinha, mansa, serena, é verdade, voltou e ensombrou as delícias passadas à beira-mar num longo abraço revitalizador com o astro-rei de quem já se tinha saudades. Neste cair da tarde cinzenta, o som cadenciado dos pingos que caem e escorrem pelas vidraças novamente frias, criam o clima para o silêncio, interiorização. Abrem as portas às melodias que se escutam na penumbra sentindo a maciez dos almofadões de seda que,delicadamente, nos envolvem e nos deixam bem no tempo dos sons que nos acarinham nas ondas melódicas que encantam.



http://www.nataliaviolin.com/


Cada dia chega trazendo os seus próprios presentes. Desamarre as fitas
(Ruth Ann Schabaker)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s