AS PALAVRAS NEM SEMPRE SÃO NECESSÁRIAS



Os tempos de fascínio não necessitam de elogios, apesar de nos rendermos a eles. Dispensam palavras. Exigem silêncio. É como se voássemos, livres, soltas, pelo Infinito, sussurrando palavras guardadas num coração que sente o respirar do mundo e o teu.


http://www.youtube.com/watch?v=JGq4k8RMe9o


Aprendi com as Primaveras a deixar-me cortar para poder voltar sempre inteira
(Cecília Meireles)

Anúncios

13 responses

  1. Minha querida amiga MElvira!Hoje passei algum tempo aqui consigo em total silêncio!"Roubei-lhe" algumas coisas que encontrará lá Na Casa do Rau.Vá até lá, julgo que ficará feliz.Voltarei depois para ver o que me diz.BeijosNá

    Novembro 5, 2010 às 9:50 pm

  2. Olá,Segui o conselho da Fernanda Da Casa do Rau, e vim conhecer o seu blogue. E é verdade, as palavras nem sempre são necessárias…Bjs dos Alpes

    Novembro 5, 2010 às 10:36 pm

  3. O silêncio diz muito mais do que mil palavras.Estou vindo através da amiga Ná da Na Casa do Rau e fiquei encantada com o que escreves.Beijos

    Novembro 6, 2010 às 1:24 am

  4. Querida amiga,Vim aqui pela mão da Ná, uma amiga do coração!E como "as palavras nem sempre são necessárias"…hoje não digo mais nada.Vou passar a seguir estas "brumas"…Carinhos

    Novembro 6, 2010 às 9:00 am

  5. Querida Melvira!Vá lá dê sinal.Estou ansiosa para a saber inundada de nova gente.Quero tanto ver movimento neste Blog de altíssima qualidade.Espero que não esteja para fora.Se for o caso, aproveite.BeijosNá

    Novembro 6, 2010 às 10:48 am

  6. MEB

    Ná, amiga, para quem como eu raramente tem comentários, fiquei de boca aberta frente a cinco comentários de uma só vez. Pela sua mão, claro! Como se pode retribuir tanta generosidade sem se sair do banal obrigada? É uma queridaFlorAlpina, Irene Moreira, Lolipopgostaria muito de saber que continuam a passar por aqui, por estas 537 crónicas e apreciem algumas. Obrigada pela força. Pelo entusiasmo. Fiquei feliz. Beijinho

    Novembro 6, 2010 às 5:10 pm

  7. Minha boa amiga!Sei que quase desapareci, que não tenho desculpa…Dizer que o tempo é pouco e não chega para tudo, é mesmo uma triste desculpa, porque para os amigos há sempre tempo.Nós sabemos disso, felizmente!Sei das suas "dificuldades" em sair do seu Blog, posso ensinar-lhe o pouco que sei, mas por mim esteja à vontade, eu virei visitá-la mais vezes.Espero que tenha pelo menos conseguido entrar lá Na casa do Rau para ver os seus amigos deste fim de semana.BeijinhosNá

    Novembro 6, 2010 às 7:43 pm

  8. MEB

    Claro, Ná, que fui já à Casa do Rau mas como lhe disse não consigo deixar comentário. O blogue está excelente. Desde que o Windows comunicou que no final do ano vai apagar os blogs do blogspot.com – teremos de passar para o World Press- fiquei bloqueada. Não faço a mínima ideia como fazer isso e custa-me perder três anos de crónicas. Se me der umas luzes, ficarei mais tranquila e gratissima, claro. Beijinho pelo apoio. Continue a maravilhar-nos

    Novembro 6, 2010 às 9:22 pm

  9. Bom dia minha querida amiga MElvira!Como já tive oportunidade de lhe dizer por e-mail, eu também ainda não sei, mas saberei.A verdade é que não tenho tido muito tempo, mas sei de amigos que já o fizeram e posso sempre contar com a sua ajuda e a minha amiga com a minha.Aparentemente, pelo que li, por alto, só se perdem os seguidores, que voltarão normalmente aos poucos.Ainda muito pouca gene mudou para o World Press. Tenha calma, eu mal saiba algo ajudo-a.Conte comigo.Vou-lhe mandar novo e-mail, talvez já a seguir, estou a acabar o meu pequeno almoço :)))Querida, talvez ainda nos falemos hoje.Tenha um bom Domingo e seja muito feliz.Beijo doceNá

    Novembro 7, 2010 às 9:59 am

  10. MEB

    Ná, obrigada. Fiquei mais tranquila. Como descompremi um pouco vou tentar escrever algo. Obrigada pelas amigas que tem "obrigado" a passar pelo meu blogue. É uma querida. Beijinhos. Hoje, a minha filhota (Isabel) faz anos e o meu filho (Pedro) chega para a semana. Já sei que o seu Pedro está a chegar para os seus anos, é tão bom abraçarmos os que normalmente estão longe, embora vivam permanentemente no nosso coração. Boa semana, amiga

    Novembro 7, 2010 às 5:26 pm

  11. Minha querida MElvira,Quem veio até si, veio de livre e espontânea vontade.Acredite que é verdade, escreve como poucos neste mundo virtual.Continue sim :))))Parabéns para os seus filhos, muitos e para a mãe babada, como todas as que o são, mesmo!O meu Pedro, vem para os anos dele, 32.Chega amanhã!!!!!!!!!Mal posso esperar :)BeijosNá

    Novembro 8, 2010 às 2:31 pm

  12. MEB

    Ná, obrigada por toda a sua gentileza. Desejo que a chegada do Pedro sejam uns dias de muita ternura e felicidade. Beijinho

    Novembro 8, 2010 às 6:45 pm

  13. MEB

    Não sei quem é a Rosa nem como entrar no seu blogue. Bem gostaria, mas não tenho por aqui nenhum dado, creio. Vou ver melhor.

    Novembro 8, 2010 às 6:47 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s