A VERTIGEM DE MUNDOS DESCONHECIDOS

Quero cavalgar pela noite adentro, abraçando os meus sonhos com a ternura de quem ama esse mundo nocturno, vindo não se sabe donde, por onde percorro corredores imensos, coloridos ou não; por onde desço escadarias, canto, danço, nos mais empolgantes espectáculos onde, sabe-se lá porquê e como, sou a vedeta principal; luto, morro e renasço nas guerras mais mortíferas, vou a locais que a memória abraçou ou olho paisagens desconhecidas; encontro pessoas com as quais mantenho diálogos com o mesmo raciocínio se estivesse acordada.

Já subi ao céu por uma escada de flores e vi o meu nome escrito por estrelas no horizonte. Já estive com Jesus, passeei a seu lado por terras desonhecidas e vi-O ao lado do Pai numa reunião impressionante. Imagens galvanizantes, a preto e branco, a cores, diálogos em vários idiomas, mesmo os que não domino.

O  jogo, a provocação, o mistério da noite renova-se sempre que o sublimar acender do céu ilumina a Terra dos mortais e eu, suspensa, deslizo solta num Universo que me prende, fala, indica, provoca, quando me presenteia com encontros impensáveis onde protagonizo um filme que desconheço que dura o tempo da noite e se dissipa ao amanhecer.

A noite que não domino prende-me, pouso nela como se fosse um campo de algodão, um campo de sonhos, e sem temer as emboscadas das surpresas espero que a extenuação chegue enquanto esvoaço pelos espaços abertos que percorro num bater de asas desafiantes e desafiadoras. Na verdade, não quero silêncio nem quietudes nos meus sonos, quero apreciar as vertigens de mundos desconhecidos.

A realidade de hoje foi o sonho de ontem. O sonho de hoje será a realidade de amanhã. E em todas as épocas se gracejou dos sonhadores

(Zalkind Piatigirki)

Anúncios

9 responses

  1. Isabel Bento

    Hum tão bom!!! Viagens maravilhosas. Lindo.

    Janeiro 5, 2011 às 8:53 pm

  2. Maria Elvira, amiga, viagens de fazer inveja, essas que tão imaginativamente descreve…! “Vê-se” que cuida bem das suas “malas”!
    Beijinho

    Janeiro 5, 2011 às 11:48 pm

    • Amigo Joaquim
      São mesmo viagens deslumbrantes e sonhadas. (aqui não imaginei). Em questões de sonhos, sou mesmo uma privilegiada. Beijinho

      Janeiro 6, 2011 às 9:29 pm

  3. Amiga querida!

    Sonhar assim é tão bom !!!!!!!!!!
    Quero viajar consigo nesses sonhos lindos.

    Beijinho

    Janeiro 6, 2011 às 12:09 am

    • Amiga, por vezes tenho a dormir uma vida mais entusiasmante do que acordada. As vezes… Ah, Ah, não nos podemos levar muito a sério. Temos de rir das nossas fragilidades.

      Sempre, desde criança tive uma vida de sonhos fabulosa: com continuação, antevisão, cores, preto e branco, com musica. Simplesmente fabuloso, é o que posso dizer, com verdade. Beijinho

      Janeiro 6, 2011 às 7:49 pm

  4. Luma

    Eu tenho alguns sonhos também… não sei se é só ilusão minha, mas tenho vontade de explorar o que algumas pessoas consideram logicamente impossível

    Abril 6, 2012 às 12:51 am

  5. Maria Elvira Bento

    Luma, em tudo deve seguir-se o “falar” do nosso coração.

    Abril 23, 2012 às 3:25 pm

    • Luma

      O problema é que as vezes eu acho que é loucura minha, que não existe nada tipo… pode parecer muita idiotice minha mas eu… EU ACREDITO QUE EXISTE MUITAS “DIMENSÕES” além do mundo que conhecemos é isso ( ai que vergonha 😦 ) e o meu sonho é conhecer todas elas minha prima também acredita nisso.

      Julho 24, 2012 às 11:38 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s