A NOITE ENTUSIASMANTE DOS “MEUS” ÓSCARES

Hoje, é a minha noite! Indigitei-me para as diversas categorias e vou receber Óscares. Há anos e anos que liberto a minha imaginação numa noite (para mim) perfeita. Com surpresas, injustiças, desencantos. Tudo faz parte do meu deslumbramento. Em troca de umas horas perdidas de sono não posso esperar que no espaço de uma grande gala (83ª)  tudo decorra sobre o signo da impecabilidade. É espectáculo, é uma máqina gigantesca que movimenta milhões de dólares  e de empregos. Só por hoje vou -novamente-   ser feliz com  o talento, a espectacularidade, o fútil e o charme.

 

 

Sorria! Sorrir abre caminhos, desarma os mal-humorados, contamina. Mas sorria com a Alma, não apenas com os lábios

(Léa Waider)

Advertisements

6 responses

  1. infelizmente não vou ver a gala dos oscars porque dá muito tarde. infelizmente.

    Fevereiro 27, 2011 às 10:59 pm

    • Sem dúvida, mas tem o fascínio do directo. Mal consigo abrir os olhos…

      Fevereiro 28, 2011 às 4:11 am

  2. Maria Elvira

    Custei a vim te visitar, mas aqui estou encantada com o Brumas de Sintra. Que lindo visual minha amiga.

    Perfeitas estas poucas linhas e como nos fascina assistir a este espetáculo. Somos espectadores desta máquina que movimenta milhões, mas também somos os protagonistas indispensáveis para que isso possa existir.

    O Sorriso é uma forma de expressão natural que sai dentro de nós e participa de nossas vidas todos os dias.

    Beijos e uma linda semana

    Fevereiro 28, 2011 às 11:53 pm

  3. Irene, os seus comentários adoçam a Alma, fazem sentir bem. Também gosto do visual das minhas Brumas mas o mérito é da madrinha, Ná, que me deu o empurrãozinho para um espaço que desconhecia totalmente. Depois, foi seguir a estrada aberta.

    Sou uma fã assumida da Noite dos Óscares e para as ver, em vários locais do mundo, têm-me acontecido peripécias incríveis. Todavia, reconheço, de ano para ano perdem o fascínio que me deixava nas nuvens. Ontem achei uma gala fraca, sem o glamour de outrora, mas nunca deixarei de estar, anualmente, na primeira fila. A aplaudir a ilusão. Beijinho

    Março 1, 2011 às 12:13 am

  4. Eduarda

    Elvira
    Cheguei até aqui pela estrada da “Casa do Rau”, e fiquei encantada com o seu espaço.
    Também sou espectadora de primeira fila na festa da Academia, embora este ano tivesse ficado um pouco decepcionada.
    Ao contrário da festa,saio hoje deste seu blog a pensar nas belíssimas mensagens que nos deixa.
    Um abraço

    Março 3, 2011 às 10:47 pm

    • Eduarda, que bom saber que passou por aqui. Desejo que o faça de quando em vez. Devo à Ná a beleza do meu cantinho que presentemente não está muito inspirador: está frio (não funciono, hiberno. E, tenho tido umas preocupações).

      Quando eu Sol regressar estarei mais inspirada. Esta Gala de Wollywood foi a mais fraca das que tenho visto há décadas mas, para o ano, voltarei! Não é masoquismo é que há ali algo que me fascina. Deslumbra, mesmo.
      Beijinho.

      Março 4, 2011 às 12:59 am

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s