GOSTEI DA SURPRESA AO CAIR DA TARDE

O inesperado teve o sabor do encanto renascido. O tempo tornou-se doce e ficou quase de mãos dadas com a estrela deslumbrante que ilumina caminhos, sonhos e esperanças. Foi bom encontrar a maciez da caxemira do blusão, a suavidade da pele e o brilho radioso de um sorriso que escreveu poemas e partilhou harmonia. No ar pairou um perfume que o silêncio colorido agarrou. Gostei da surpresa ao cair da tarde.

 

 

A felicidade não se acha,  conquista-se

(Léa Waider)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s