RECORDAÇÃO (INESQUECÍVEL) DO ÚCUA

 

Inesperadamente veio parar-me às mãos, hoje, uma foto que assinala um tempo profissional  longínquo e marcante. Tinha chegado do Úcua, depois de uns dias intensos (deu um livro que ainda não consegui publicar) e, em Luanda, preparava-me para novos trabalhos quando alguém me tirou esta foto que galgou os anos, a distância e as memórias. Atravessou oceanos da vida e veio abraçar as minhas emoções.

 

 

O significado das coisas não está nas próprias coisas, mas na nossa atitude em relação a elas

(Antoine de Saint-Exupéry)

Advertisements

6 responses

  1. Herminia Lopes e Emilia Pinto

    Oi Amiga!
    A primeira vez que passo no seu blog!
    Gostei!
    Linda a sua fotografia.
    Os traços estão lá e pouco mudaram,embora galgassem anos e oceanos.
    Parabéns.
    Herminia

    Março 6, 2011 às 1:11 am

    • Hermínia, boa noite.Fico radiante sempre que alguém me descobre e não se desencanta com o que encontra. Este post não sei se ficará muito tempo, sou capaz de o apagar. Acho a foto exageradamente grande mas saíu assim e não lhe sei mexer.

      Aqui tem mais de 7oo crónicas já publicadas, quando quiser voltar, fico contente. Um abraço

      Março 6, 2011 às 9:50 pm

  2. Eduarda

    Elvira
    Sabe que gosto muito de fotografias a preto e branco?
    Sabe que me delicio a ver fotografias dos meus pais, tios, avós, enquanto jovens?
    Por vezes já amarelecidas, pelos anos, e fico a imaginar-me naqueles tempos.É verdade sou uma paroquial saudosista. A… típica!
    Isso é a nossa história. E se recordar é viver, como se diz, olhe esse rosto que não foi o seu. É o seu!
    Um abraço grande

    Março 7, 2011 às 7:19 pm

    • Eduarda, boa noite.
      Abri o blogue para retirar a foto que está exageradamente grande mas ou fica pequenininha ou fica assim. Não me sinto bem, vinha apagar mas, ao ler as suas palavras, decidi que vai ficar mais um dia. Eu gosto dela mas publicá-la tem algo de narcisismo (não sou de todo). Obrigada pelo saboroso comentário. Um abraço

      Março 7, 2011 às 9:22 pm

  3. Luis

    Minha Querida Amiga Maria Elvira,
    Não apague a sua bela memória até porque esta fotografia revela uma imagem cheia de serenidade e encanto. Os seus traços mantêm-se e como diz uma sua amiga as imagens a preto e branco são mais belas e puras pois as cores podem tornar as imagens mais brilhantes mas retiram-lhe autenticidade e de certa forma a qualidade!
    Gostei muito do que ela reflete da sua personalidade.
    Um beijinho muito amigo

    Março 11, 2011 às 2:38 am

  4. Luís
    Obrigadissima pela sua análise. Apaziguou-me, tenho-me degaliado entre o tiro e não tiro mas, sei já que venceu o não tiro!
    Vaidade? É capaz mas, Luís, se soubesse o que foi de empolgante, perigoso, conseguido e inesquecível este tempo entendia o meu amor pela foto que fixou um tempo que me deu tudo. De bom e de mau, mas indelével.

    Março 11, 2011 às 6:27 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s