UMA MÁSCARA, UM SORRISO, UM OLHAR VELADO

O tempo consolidou a tradição de homens, mulheres e crianças de corpos pintados e rostos com máscaras (dez mil anos A.C., há quem defenda trinta mil) se reunirem para  afastarem os demónios. As Festas Egípcias, Gregas, continuaram as festividades para homenagear deuses ou causas diversas, mantendo todas o cariz popular.

O Carnaval moderno evidenciou-se a partir do século XIX, e de Paris e Veneza espalhou-se o formato dos grandes desfiles e das exuberantes fantasias. Durante três dias (antecedem a quarta-feira de Cinzas) o povo dava liberdade a uma alegria frequentemente exacerbada em festas populares onde jorrava a diversão, a comida e a bebida. Com o passar dos anos o Carnaval foi adquirindo formas próprias em diversos países.

Na actualidade o Brasil (pela euforia) e Veneza (pela elegância), são dois marcos na comemoração carnavalesca que, de uma forma ou de outra, marca presença em todos os Continentes. Assim, só resta amanhã para libertar o gosto de comemorar esta época onde tudo é permitido e nada parece mal. Fantasiar-se mediante a sua imaginação ou desejo reprimido: ser heroína, ser vulgar, ser fidalga, ser misteriosa e distante. Basta um máscara, um sorriso e um prazer silencioso ou partilhado. Só mais um dia. Quarta-feira guardará (ou não) a máscara e, durante um ano, será (deverá ser) autênticamente você. 

 

 

Se o amor é fantasia, eu encontro-me ultimamente em pleno Carnaval

(Vinícius de Moraes)

Anúncios

2 responses

  1. Querida Elvira!

    Ainda consegui vir cá 🙂

    Nunca fui muita ligada ao Carnaval, nem sabia tudo o que aqui tão bem nos explica, mas este ano fui pela segunda vez na vida, ao baile !!!
    Adorei.

    Espero que esteja bem.
    Deixo-lhe beijinhos

    Março 8, 2011 às 12:58 am

  2. Querida amiga Ná,
    Viva, foi ao baile e adorou. Imagine para o ano, vai com gosto redobrado. É muito bom sabê-la assim bem, feliz. Eu, amiga, tirando a saturação e nostalgia destes dias de frio e chuva, estou bem mas preciso de Sol. Acho que vou a correr para Punta Cana. Beijinhos. Amanhã, regressa o ritmo normal.

    Março 8, 2011 às 8:46 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s