ESSE TEU TRAVO A VENDAVAL

 

http://www.youtube.com/watch?v=dUXnHABhfX4

 

 

A solidão não nos condena, não nos culpa, não nos cobra. Antes, nos redime e nos realimenta. E, nos momentos em que nos visita, recupera-nos em identidade com todo vento que sopra, todo riacho que murmura, toda luz que enternece. A solidão é isto: a lembrança de um outro mundo, um universo que acontece.

(Fernando Campanella)

Anúncios

6 responses

  1. Profunda citação, Maria Elvira, em sintonia com o ambiente criado pelo também encantador fado que nos propõe!
    Beijinho

    Março 27, 2011 às 10:30 pm

  2. Estou de acordo. Eu gosto da solidão comigo
    mesma.
    Bj.

    Março 28, 2011 às 7:25 pm

  3. Gostei, como sempre, das palavras cantadas em forma de fado e das citadas.

    Beijinhos, amiga Elvira.

    Estou quase nova, agora está novamente o José com sintomas de gripe, nem dá para acreditar.
    Espero que esteja bem.

    Março 28, 2011 às 11:13 pm

    • Querida Ná, novamente constipados! Não. O Sol deve estar a chegar, para ficar. Aí,readquirimos uma nova vitalidade. Também gostei deste fado. Gosto da voz do Maco Rodrigues e o poema é lindo. Saudades e beijinho. Bas melhoras do José.

      Março 29, 2011 às 7:58 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s