A VITÓRIA DA SOMBRA QUE CRESCE E SE TRANSFORNARÁ EM FOCO PARA A MAIORIA

O homem que se reinventou a si próprio e se tornou no novo líder em substituição dele mesmo, magnetizando o seu Partido pela demonstração de vontade renovada, na defesa do projecto político que defende foi para o último debate (antes da campanha) esquecendo-se de levar impregnado em si esse líder renovado.

E o seu oponente apareceu surpreendente pela postura de mais frontalidade, menos hesitação, mais risco assumido nas propostas, menos estratégia de produto branco que se lhe detectou desde sempre, num conjunto que praticamente nos faz esquecer a falta de carisma que sempre o vestiu, talvez, quem sabe, só até ao início deste debate.

Resultado: como o quase vencedor antecipado não conseguiu agarrar o momento por ter recorrido apenas ao seu mesmo melhor de sempre, e como o novo candidato soube emergir da sua habitual névoa de indefinição foi este novo candidato que ganhou o debate. Ganhou por pouco, mas ganhar o que à partida parecia não ser uma vitória que lhe estivesse destinada, é uma grande vitória! É uma vitória que lhe faltava.

Como foi ele quem ganhou, aritmeticamente o líder de sempre só pode mesmo ter perdido. Também perdeu por pouco o que o seu oponente por pouco ganhou e, nesta relação de poucos, quem saiu mesmo vencedor, (silenciosamente pairante sobre o nosso imaginário político), foi essa figura central de sempre que já se anunciou como terceira via, detentora de portas para a solução governativa com a maioria que se não a conseguirmos, não seremos povo respeitado por uma década.

Na política dos jogos de ofuscação para hipnotizarem votantes até às urnas, a gestão das sombras que se vão progressivamente aglomerando ao centro, estão a definir um palco que ainda não se vê, mas que poderá vir a fazer o mais tremendo dos efeitos.

Sobretudo, entre este nosso povo de feiras e romarias, quando a dias do final da campanha se acender o foco definitivo sobre este centro político, que é um mundo de oratória, de certezas próprias, de arte na suave imposição defendida pelas armas da argumentação inteligente e que, dos tantos recursos na esgrima política que demonstra ter, facilmente poderá escolher o recurso de, ou partir sozinho vindo da terceira posição, para ganhar, ou escolher, antecipadamente, qual dos outros dois candidatos levará a ganhar para então celebrar o seu acto mais espectacular: levar o vencedor das próximas eleições e novo líder da ansiedade Nacional para a mudança a segui-lo, mesmo que o tenha que deixar caminhar à sua frente.

Foi este o resultado final do último debate e se algum dos dois candidatos não assumir esta constatação a tempo e não vislumbrar ainda, antes que se acenda, este foco orientador para a maioria, pode mais uma vez provar derrota onde, afinal, lhe esteja a cheirar tão bem a vitória. Ponto final.

O sábio teme o céu sereno; porém, quando vem a tempestade ele
caminha sobre as ondas e desafia o vento

(Confúcio)

Anúncios

6 responses

  1. Luis

    Minha Boa Amiga Elvira,
    Respeito as suas ideias mas lembro-lhe que quem anda a pagar refeições a emigrantes que nem português falam para o acompanhar nos comícios é o seu “Querido Líder”!

    Maio 22, 2011 às 8:34 pm

  2. Amigo Luís

    Não sabe nas eu sou uma mulher decidida. E sobre os pouquíssimos textos que escrevo sobre política decidi que só os escrevo. Não os comento, nem com amigos. Está decidido. Não comento nem religião, nem política. Mas sinto que tenho todo o direito de escrever o que me apetece publicar.

    Já qgora amigo Luís, em que sítio do meu blogue viu escrito por mim que Sócrates é o “meu querido líder”?

    Tudo bem. Já expliquei. Gostaria de escrever só sobre política mas já estou numa idade que tenho o direito a certas regalias. Não quero incomodar-me e quando os escrevo tenho sempre represálias (juro que não é nada consigo).

    Um beijo amigo

    Maio 23, 2011 às 6:18 pm

  3. Querida amiga Elvira!

    Tem todo o direito do mundo de expressar da forma como bem entender as suas opiniões, muito mais no seu Blog.
    Acredite que para mim nada mudou nem mudará nunca.

    Política e religião são assuntos delicados; cada qual decidi por si e não é por aí que se medem as pessoas, as suas boas acções e o seu carácter.

    Não são os ideais diferentes que fazem de mim ou de si melhores pessoas. Continuamos a ser as mesmas. Tenho a certeza.

    Espero que não pense que a esqueci. Tenho estado preocupada com a nova crise de Zona do Pedro, muito mesmo.
    Felizmente está recuperado quase a 100% e descartadas todas as causas possíveis mais graves.

    Ele virá de férias a 20 de Junho. Já conto os dias que faltam 🙂

    Beijinhos

    Maio 24, 2011 às 11:46 pm

    • Amiga Ná
      Que foto bonita. Gosto. Obrigada pelas palavras balsâmicas que suavizam o coração e adoçam o sorriso. Eu sei, amiga, será sempre a mesma. Não sabia do Pedro, espero que esteja tudo a correr pelo melhor e brevemente recuperado.

      Quando ao meu Blog vai continuar ao sabor da minha sensibilidade. Estou na blogosfera para aprender,partilhar e sentir-me bem. Beijinho minha querida Ná

      Maio 25, 2011 às 7:37 pm

  4. Obrigada amiga pelo carinho e cuidado com o Pedro.
    Ele está melhor sim. Deve recomeçar a trabalhar brevemente mas depois virá de férias ainda em Junho.
    Vou escrever-lhe um mail. Prometo.

    A foto foi tirada pelo José há semanas, num dia de sol radiante e com uma amiga cá em casa.
    Foi um dia de sorrisos e esta saiu muito bem. Concordo. Muito obrigada pelo elogio.

    Quanto ao seu Blog, é exactamente assim que deve proceder.
    Ninguém deve publicar o que não sente só para agradar. Depois é como sabemos, respeitar é condição essencial sempre.

    Beijinhos

    Maio 25, 2011 às 11:18 pm

    • Que bom,Ná. Sente-se que irradia felicidade, alegria.Imagine-se Junho com o seu Pedro ao pé. Que bom ver a felicidade dos amigos. Gosto muito de si,minha amiga.

      Maio 26, 2011 às 7:30 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s