SOU UMA PÉTALA CARREGADA DE MENSAGENS

Sou pétala de rosa, Príncipe Negro. Intensamente aveludada Tão intensa e tão aveludada que não resistes ao toque quando balanço suavemente sobre o teu rosto. Quando no bailado do vento, da brisa, ou da intenção velada, te envolvo em pétalas perfumadas, macias. Não estou a falar de amor. Nem de sonho. Nem sequer de saudade.

Sou -apenas-  pétala esvoaçante! Livre no cruzar dos ventos, e em cada toque deixo uma mensagem de presença que não consegues agarrar, mas sentes. Eu sou uma pétala, aveludada, carregada de mensagens que deixo nos teus olhos. Nos teus bolsos. Nas tuas mãos firmes e nesse sorriso de marfim, manancial de emoções.

Sou pétala perfumada que à noite esvoaça pelo espaço do teu jardim, entro pelas cortinas ondulantes encontro-te no teu dormir e rodopio, vertiginosamente, no ar para que a libertação do meu perfume seja intensa. O quarto fica cheio de mim e  no teu peito, como um abraço, fica uma pétala aveludada que, talvez, com a luz do dia seja uma breve recordação de um sonho que não sonhaste.

A noite flutua
e as rosas dormem mimosas
aos beijos da Lua.

(Humberto del Maestro)

Advertisements

2 responses

  1. Olá Elvira, adorei o seu blogue e a poesia que é linda. Parabéns!

    Desejo-lhe um óptimo fim de semana.

    Bj

    Maio 22, 2011 às 2:58 am

  2. Sãozita

    Obrigada pela sua simpatia. Espero que volte mais vezes. Boa semana de trabalho. Bj

    Maio 22, 2011 às 7:18 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s