2012 – A MUDANÇA DAS ERAS

Quando se diz que a Humanidade chegou a um período de transformação, e que a Terra deve elevar-se na hierarquia dos mundos, não sinta nestas palavras nada de místico, mas, ao contrário, a realização de uma das grandes leis  do Universo, contra as quais se quebra toda a má vontade humana. De acordo com os Maias e os Astecas o Sexto Ciclo do Sol é para começar em 21/12/2012. Este Ciclo é também conhecido como a Mudança das Eras.

Conforme as suas previsões é para ser o início de um ciclo que é baseado na harmonia e no equilíbrio. A Humanidade e o planeta Terra estão a passar por uma grande mudança ou mudança na percepção da consciência e da realidade . A civilização Maia na América Central é a mais avançada em relação ao conhecimento da ciência do tempo. O seu calendário principal é o mais preciso do Planeta.

Os Maias têm 22 calendários no total, que abrangem muitos ciclos de tempo no Universo e no Sistema Solar. Alguns desses calendários ainda não foram revelados. O Quinto Mundo Maia terminou em 1987. O sexto mundo começa em 2012. Portanto, estamos atualmente entre mundos. Este tempo é chamado de Apocalipse ou revelando. Isto significa que a verdade será revelada. É também o momento de transformações individuais e colectivas.

O Sexto Mundo Maia está em branco. Isto significa que cabe a nós, como co-criadores, começar a criar o novo mundo e a civilização que queremos. Os Maias também dizem que em 2012 teremos ido além da tecnologia como a conhecemos. – Teremos ido além do tempo e do dinheiro.  Teremos entrado na quinta dimensão depois de passar pela quarta.

À medida que caminhamos pela quarta dimensão, efectuando a  nossa transformação íntima, vamos experimentando uma mudança na consciência. A quarta dimensão é mais um estado de espírito do que um lugar real. O Planeta Terra e o Sistema Solar entrarão em sincronização galáctica com o resto do Universo.  O nosso DNA sofrerá um upgrade (será reprogramado) do centro de nossa galáxia. Em 2012, o plano do nosso Sistema Solar vai alinhar exactamente com o plano da nossa galáxia, a Via Láctea. Este ciclo levará 26 mil anos para se completar.

Virgil Armstrong diz ainda que duas outras galáxias se alinharão com a nossa, ao mesmo tempo. Será um evento cósmico! O tempo está realmente acelerando (ou entrando em colapso). Tempo no entanto não existe – apenas o agora existe. Por milhares de anos, a Ressonância Schumann (um conjunto de picos do espectro do campo eletromagnético) foi 7,83 ciclos por segundo. No entanto, desde 1980 essa ressonância vem subindo lentamente. Agora está em mais de 12 ciclos por segundo! Isso significa que há o equivalente a menos de 16 horas por dia em vez das antigas 24 horas. É por isso que o tempo parece  correr rapidamente.  Não é tempo, mas a própria Criação, que se está a acelerar.

Durante o Apocalipse ou o tempo entre mundos muitas pessoas passarão por marcadas mudanças pessoais. As mudanças serão muitas e variadas. Isso faz parte daquilo que temos de aprender ou experimentar. Lembre-se, em dado momento, estamos a fazer decisões grandes e pequenas. Cada decisão é baseada em amor ou medo. Escolha amar, siga a sua intuição, e não o intelecto. Siga o seu coração, o seu desejo ardente interior. Vá com o fluxo.

As formas-pensamento são muito importantes e afectam a nossa vida quotidiana. Nós criamos a nossa realidade com formas de pensamento. Se tivermos pensamentos negativos dos outros é isso que atraímos. Se tivermos pensamentos positivos, vamos atrair pessoas e eventos positivos. Portanto, esteja ciente dos seus pensamentos e elimine os desnecessários, os negativos ou os de julgamento. Seja exigente com os sentimentos e as informações que processa e trabalha, no sentido de curar o Planeta e a si mesmo. Seguindo o calendário Maia, esta fase entre mundos pode-nos ajudar na libertação do círculo do tempo e do dinheiro, para liberar as nossas mentes e abrir o caminho para a Nova Era, para além da dimensão física.

A época actual é de transição; os elementos das duas gerações confundem-se. Colocados no ponto intermediário, assistimos à partida de uma e à chegada da outra, já se assinalando cada uma, no mundo, pelas características que lhes são peculiares. As duas gerações que se sucedem têm idéias e pontos de vista opostos. Pela natureza das disposições morais, e, sobretudo, das disposições intuitivas e inatas, torna-se fácil distinguir a qual das duas pertence cada indivíduo. Cabendo-lhe fundar a era do progresso moral, a nova geração  distingue-se pela inteligência e razão geralmente precoces, aliadas ao sentimento inato do bem e a crenças espiritualistas, o que constitui sinal indubitável de certo grau de adiantamento anterior.

Não se comporá de Espíritos eminentemente superiores, mas dos que, já tendo progredido, se acham predispostos a assimilar todas as idéias progressistas e estejam aptos a secundar o movimento de regeneração (recebido por e-mail, sem referenciar o autor).

Não procures a verdade fora de ti, ela está em ti, no teu ser. Não procures o conhecimento fora de ti, ele te aguarda na tua fé interior. Não procures a paz
fora de ti, ela está instalada no teu coração. Não procures a felicidade fora de ti, ela habita em ti desde a eternidade

 (Mestre Khane)

Anúncios

7 responses

  1. Luis Soares da Cunha

    Querida Amiga Maria Elvira,
    Sempre que a visito aprendo e muito! É o caso presente! Gostei bastante pois este tema é do meu interesse dado que apresenta perspectivas de vida diferentes das que normalmente nos são apregoadas! Essa diferença é saudável e faz-nos pensar maduramente na Vida que temos levado por vezes sem qualquer nexo… A VERDADE será aquilo que temos defendido até agora? Ou é Algo bem diferente e mais harmoniosa? Fiquei a pensar… Obrigado!
    Saudações amigas .

    Setembro 19, 2011 às 11:01 pm

  2. Bom amigo Luís
    Boa tarde, nesta tarde absolutamente divinal. Penso, que não houve uma assim em todo o ano. Mágica, sabe como é? Sabe a Paraíso. O tema é muito aliciante (não sei o autor) e está cada vez mais no espírito das pessoas. Esta dualidade Vida /Pessoas é sempre uma imensa maravilha e um imenso mistério, mas dentro de nós reside a grande capacidade de mudança: desejá-la e praticá-la.

    Estamos numa época de transição que faz fervilhar o que de pior existe nos humanos. Mas, essa época vai terminar. Surgirá (penso) uma pacificação natural que brota daqueles que emanam harmonia e equlíbrio. Harmonia tem sempre que ver com o Universo e, é aí, que as suas Leis determinarão o futuro da Humanidade. Mas, Luís, certezas? Pois é! Há dias em que estamos segurissimos, há outros que nem tanto. É a vacilação própria dos humanos.
    Saudades e um abraço

    Setembro 20, 2011 às 5:51 pm

  3. Um belo texto deixando pretexto para reflectir.
    Será possível que as mudanças surjam! Pelo menos temos que acreditar que sim.

    beijinhos amiga Elvira.

    Setembro 21, 2011 às 8:11 pm

  4. Amiga,
    Tenho um mail para lhe enviar, mas perdi o seu contacto, com a avaria do meu computador.
    Pode mandar-mo?
    Beijinho

    Outubro 5, 2011 às 8:40 pm

  5. João Carlos Linhares

    Tudo o que gostaria de aprender me vem através de pessoas que não conheço e que têm em si a observância de fatos em cuja composição há sempre o universo e seu tempo.

    Obrigado pelos esclarecimentos, muito valiosos, eles testemunham o que na verdade todo homem deve saber nesse momento. Beijos do Linhares

    Julho 12, 2012 às 3:59 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s