O MUNDO ANDA CRISPADO

Não é novidade, sente-se que os habitantes desta “bola azul” andam crispados. Cada vez mais. Desesperadamente, mais. Apetecia-me fazer o exercício (fácil) de enumerar os conflitos, as desgraças, as aflições, as ameaças e os desencantos de 2011 e desenvolver algumas projecções . para 2012.

Vou optar por, de uma forma ligeira, focar algumas realidades internas que gostaria de ver concretizadas:Rreforma na Justiça, Plano de Desenvolvimento a 20 anos, independente dos ciclos políticos. Vencermos, de uma vez por todas, a arrogância,  o preconceito, a pequenez, a burocracia, a mentira, a apatia, a desculpa esfarrapada e o terrível defeito de se atirar para o passado todas as consequências do presente e do futuro. Há que crescer. Os fatos Armani ajudam muito, mas não mais do que a imagem. 

Seria bom que o Mourinho regressasse e nos fizesse viver, interna e externamente (importantíssimo), verdadeiras alegrias e, assim, projectarmos além fronteiras valor, disciplina e classe. Basta de golpes de sorte. Não basta chamar ao Brasil país irmão, é preciso levar a Comunidade Lusófona para a frente dos negócios -triângulo Portugal/Brasil/Angola- (as crises geram oportunidades) e da influência mundial e, ao mesmo tempo, assumir o papel de Nação da Economia dos Mares e das Energias Sustentáveis. Já demos bons passos (Viana do Castelo, Amareleja).

Seria magnífico saber que a nossa Educação Básica ganhou um prémio qualquer de melhor do mundo. Que temos Universidades nas 100 melhores do Planeta. Que os hospitais privados ganham em função das filas de espera cada vez menores e dos certificados de qualidade internacionais. Que não asfixiem os hospitais distritais. Não cedam aos projectos, por vezes camuflados, de transformar a Saúde num grande negócio. Que não respeitem os profissionais da Saúde, tornando-lhes a vida num inferno.

Que não respeitem os que nada têm nem sequer a possibilidade de procurar ajuda junto do médico de Família (quase dois milhões de portugueses não os têm), de se dirigirem aos Centros de Saúde (que vão encerrando) e, nos momentos de aflição não conseguirem já receber o apoio dos Bombeiros que, manietados, não podem corresponder às necessidades. Que os Bombeiros ganhem por hectare de mata verde conservada e não enfrentam dificuldades financeiras tamanhas que os impede de cumprir os objectivos que querem prestar à população e que esta espera deles.

Que os doentes não morram à espera de um 112 que não chega ou não atende. Que Lisboa fique menos poluída por que entram menos carros na capital já que os comboios, devidamente vigiados, combatam a violência (a aventura), o medo dos passageiros em viajar neles.

Que as Forças Armadas sejam prestigiadas e os seus feitos não sejam esquecidos e os ex combatentes não enfrentem diariamente o desespero. Que a nossa Polícia sejam apoiada (vejam como se faz no Canadá, por exemplo), que não tenha de comprar a farda e não ter dinheiro para sustentar dignamente a família.

Que a beleza, a dignidade e a herança do nosso Património (de Norte a Sul) não caia, deteriorado, por falta de obras de conservação. Que os nossos cientistas nos surpreendam cada vez mais ( e têm surpreendido) com as suas descobertas e levem sob a bandeira o prestígio, a sua capacidade mundo fora.

Que muito mais coisas que, entretanto, nos poderemos permitir pensar quando tivermos passado o pior do aperto económico e social de há muito (Portugal 700, no Mundo 100 anos) e, aí, teremos reencontrado a nossa vocação de Nação Persistente que há 900 anos -entre feitos gloriosos e desastres tremendos- chegou a todo o Mundo e em cada canto dele há um português a ajudar a perpetuar a lembrança deste País que abre os braços à Europa e ao Atlântico. Quase que falta tudo isto e, com quase nada, quase que já chegámos ao ponto de partida para entrar nesta era de sonho.

 

Tenho em mim todos os sonhos do mundo
(Fernando Pessoa)

Anúncios

8 responses

  1. Isabel Bento

    Há que dizer mesmo crispado e existem todos os motivos para isso.Enfrentar 2012 vai ser tarefa de heróis e heroínas. Portugal, no Sul da Europa, atirado ao “lixo” sem apelo nem agravo, terá uma tarefa hércula para demonstrar a si próprio e ao mundo que somos um País de bravos. O pior é o pior, não é? Onde está a Economia, a visão? Onde está o trabalho a sério?Como sobrevivem os idosos?Os pobres, os doentes? Os outros emigram…Talvez por tudo isso 2012 não me atemoriza nada. Estando no fundo, só se pode subir mas que vai ser difícil, lá isso vai.

    Dezembro 29, 2011 às 5:42 pm

  2. Amiga Maria Elvira
    “A Verdade é o caminho, o Bem é a acção, o Belo é o sentimento. Eis o caminho para ser Feliz. Basta percorrê-lo!”
    Abraço fraterno com votos de um Feliz Ano Novo 2012!
    Quicas

    Dezembro 30, 2011 às 11:42 pm

  3. Muito crispado mesmo amiga, mas não o suficiente para se indignar e tentar reverter o processo antes que seja tarde demais.

    Não sei onde vamos parar e apesar de apregoar a esperança, tenho muitas reservas quanto ao futuro, cada vez mais.

    Beijinho e rápida recuperação.

    Janeiro 4, 2012 às 7:39 pm

  4. isabel maria

    Adorei ler estas palavras …elas são bem td o que vejo no olhar triste das pessoas que
    percorrem as ruas da nossa terra.

    Janeiro 9, 2012 às 2:16 pm

  5. Luis Soares da Cunha

    Minha Boa Amiga,
    Que os seus desejos se concretizem para bem de todos nós! Mas será difícil porque o ser humano é muito egoísta e , na maioria das vezes, só olha para o seu umbigo em detrimento do global!
    Que Deus a oiça!
    Espero que continue dando-nos a sua companhia pois ela é por nós muito apreciada.
    Beijinhos muito amigos.

    Janeiro 22, 2012 às 7:34 am

  6. Anda mesmo crispado amiga. Ontem fui marcar uma consulta para a minha
    irmã, doente oncológica e que ficou sem médica de família e marcaram para
    18 de Maio, não, não me enganei.

    Isto está tudo uma lástima. Não sei onde iremos parar? Não sei que poderemos
    nós enquanto povo fazer para inverter esta situação.

    Ando mesmo desesperada pela impotência…

    Beijinhos amiga e desejo que esteja bem.

    Janeiro 31, 2012 às 6:18 pm

  7. Querida amiga, como vai?

    Ainda convalescente???

    Beijinho

    Fevereiro 29, 2012 às 10:27 pm

  8. Feliz Páscoa, minha querida amiga.
    Beijo doce à mistura com chocolates e amêndoas.

    Abril 3, 2012 às 8:19 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s