VENHO DE UM TEMPO…

helder_moutinho

Há fados que dispensam apresentação. São sons agarrados à sensibilidade que escapam nas vibrações de sentimentos em palavras onde mora vida, que levita no dedilhar da Alma e das cordas de instrumentos cúmplices, num flutuar de sons, numa entrega de poesia partilhada. Canto ardente e percurso intimista, numa elevação de verdade confessada, em trajectórias, mensagens, que o coração solta em monólogos de perdas, esperanças, amores e sonhos. Podia ser mais um fado de Hélder Moutinho, mas não é. É um fado que tange o nosso sentimento, frente a uma confissão musical de tão grande dimensão. (Maria Elvira Bento)

http://youtu.be/mWhTtbWhwOQ

A paz vem de dentro de si mesmo. Não a procure à sua volta

(Buda)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s