SOU O PENSAMENTO EM MOVIMENTO

 mulher a ler livro

Eu sou a que voa nos oceanos do tempo, sem partidas nem chegadas, sem fronteiras ou espaços limitados pela sofreguidão de saberes. Sou a que não se perde nem se encontra, não procura miragens nem memórias. Sou a que liberta voa pelos espaços das noites adormecidas em surdinas melodias que transportam para lá do Infinito. Sem limites, sem destino. Sem máscaras, sem emoções tangíveis de provocarem arrepio ou indiferença, envolvida ou envolvente. Eu sou a razão dos meus voos. Eu sou a especial razão desta liberdade que não se procura nem se prende, não se vê nem se abraça porque eu sou a voz da ânsia dessa liberdade gloriosa que me dá corpo e me dá Alma. Eu sou o pensamento em movimento. Eu sou o dedilhar das notas espalhadas pelas estradas que me falam de ti. (Maria Elvira Bento)

A única coisa que destrói os sonhos é resignar-se às concessões

(Richard Bach)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s