O BATER DAS ASAS COLORIDAS DE UM ANJO

Anjo 999999

Ao passar agora pelos espaços que foram teus, os meus olhos apoderam-se emotivamente das imagens de encantamento que cativaram. Curiosamente, ficou uma liberdade saudável que não fere. Apenas uma intensa serenidade invade a memória das imagens outrora tocada por deuses, banhada por um Sol quente que ultrapassava os imensos vidros e envolvia a fascinante vontade de ser feliz. Sem dúvidas, sem abandono, sem solidão, sinto o” frou-frou” subtil do bater das asas coloridas de um anjo que, ainda, esvoaça nos corredores por onde respira o céu. Num gesto calmo,saúdo-o. (Maria Elvira Bento)

 

Cada pessoa que passa na nossa vida passa sozinha, e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós…
(Charles Chaplin)

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s